sexta-feira, 29 de maio de 2020
Busca

Portal T5

Brasil

Saiba como se inscrever no Cadastro Único e receber auxílio emergencial

Por Redação Portal T5

08h31

A partir desta terça-feira (07), os trabalhadores informais já podem sacar o aplicativo que faz a inscrição para que eles possam receber o auxílio emergencial de R$600, disponibilizado pelo Governo Federal.

Quem se inscreveu no Cadastro Único até 20 de março pode receber o benefício pela plataforma, mas as que foram feitas após esta data, não é válido para que o auxílio seja pago pelo Cadastro.

Sem essa possibilidade, o trabalhador tem outras formas de receber o benefício:

Cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020;

Ser titular de pessoa jurídica (Micro Empreendedor Individual)

Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social.

Ter mais de 18 anos de idade;

Ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50);

Ter renda mensal até 3 salários mínimos (R$ 3.135) por família;

Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.

Se inscrever no Cadastro Único

O cadastro é feito de forma presencial, no setor responsável pelo Bolsa Família. Não há informações se devido à pandemia do coronavírus é possível fazer o cadastramento de forma online.

Veja os requisitos para se inscrever no Cadastro Único:

Renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,5);

Renda mensal familiar total de até três salários (R$ 3.135);

Pessoas que tenham uma renda acima das duas opções anteriores, mas que estejam vinculadas ou pleiteando algum programa ou benefício que utilize o Cadastro Único em suas concessões;

Pessoas em situação de rua — sozinhas ou com a família.

Veja também:

Autônomos podem baixar aplicativo para renda de R$ 600 a partir desta terça 

+ Agevisa determina que corpos de mortos pelo novo Coronavírus devem ser cremados ou sepultados sem velório na PB