terça-feira, 07 de abril de 2020
Busca

Portal T5

Brasil

Motorista culpa adolescente por assédio: “Estava com short tipo Anitta”

Segundo o acusado de assediar uma menina de 17 anos, ele só fez isso porque ela estava com "uma miniblusa e as pernas abertas"

Por Carlos Rocha

19h05 - Atualizado 18/02/2020 às 23h26
Foto: Reprodução/ Twitter

O motorista de aplicativo de transporte acusado de importunar sexualmente uma adolescente de 17 anos durante um trajeto em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, tentou justificar o ato. Ele disse que a menina estava “usando um short tipo Anitta”. Para ele, com isso, a garota estava querendo chamar atenção.

Na sequência, ele tenta justificar o crime pelas vestimentas da adolescente: “Ela estava com um short tipo Anitta, com uma miniblusa e as pernas abertas”.

Em resposta à entrevista concedida pelo acusado, a cantora Anitta foi às redes sociais.

“Acabei de receber este vídeo onde o motorista de Uber que assediou uma passageira menor de idade tenta justificar o injustificável (seu assédio) dizendo que a menina estava usando um short “tipo Anitta” e sentada numa posição favorável ao assédio”, escreveu.

O Caso

A adolescente de 17 anos gravou e divulgou vídeo nas redes sociais de um assédio que ela sofreu por um motorista do aplicativo Uber durante corrida realizada na tarde de domingo (16), na cidade de Viamão, região metropolitana de Porto Alegre.

A jovem se deslocava para a casa de uma amiga quando foi abordada pelo condutor. Ao perceber que estava sendo assediada, começou a gravar o diálogo com a câmera virada para o próprio rosto.

+ Em vídeo, estudante da UFPB encontrado morto relatou ameaça: "Se eu aparecer morto foram eles"

+ Suspeito de torturar professor é preso e autuado por homofobia na Paraíba

+ Vídeo: bombeiro da PB que se feriu durante incêndio é homenageado após ter alta em hospital

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.