quarta-feira, 21 de outubro de 2020
Busca

Portal T5

Brasil

Menina de 12 anos morre na Bahia após ser picada por cobra

O pai de Pamela Costa Gomes registrou o caso na delegacia da cidade e o caso será investigado.

Por Redação Portal T5

09h14

Uma menina morreu na última segunda-feira (5) após ter sido picada por uma cobra. O caso aconteceu em Camacan, cidade localizada no sul da Bahia.

Pamela Costa Gomes tinha 12 anos e foi picada pelo animal no dia 22 de julho. No dia, ela foi ao hospital, recebeu atendimento e foi liberada. Após quatro dias, ela voltou a passar mal, foi internada, mas não resistiu.

+ Em 4 minutos, assaltantes roubam 2 milhões de dólares em ouro da Casa da Moeda do México

"Ela mora em Porto Seguro com a mãe, mas estava de férias e veio passar uns dias comigo [em Camacan]. Quando estava na casa da amiguinha, brincando, foi picada", disse o pai de Pamela, Manoel Gomes Souza, ao G1 BA.

+ Vídeo: MC Hariel tem imagens fazendo sexo publicadas e diz que conta em rede social foi hackeada

O pai dela contou que a menina foi levada para a Fundação Hospitalar de Camacan logo depois de ter sido picada, mas que na unidade não tinha o soro antiofídico usado em casos de picadas de animais peçonhentos. A garota tomou soro comum por cerca de 1h30 e, em seguida, foi liberada.

+ Saques do FGTS começam em setembro; veja como retirar o dinheiro

Por meio de nota ao G1 Bahia, o hospital informou que Pamela recebeu atendimento básico necessário para o caso. Além disso, informou que a unidade de saúde solicitou o soro antiofídico ao município, que tem total responsabilidade de armazenamento do mesmo, mas que na ausência do soro, houve o acionamento de transporte para transferência.

+ Conheça 3 truques para tirar manchas da mesa de madeira

O pai de Pamela Costa Gomes registrou o caso na delegacia da cidade e o caso será investigado.

Leia também:

+ Rocha espacial com 0,5 km de diâmetro deve passar perto da Terra no próximo sábado (10)

+ Marinha nega possibilidade de tsunami no Nordeste brasileiro após tremor no oceano