Paraíba, quinta-feira, 17 de outubro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

'Teremos problemas' sem crédito extra, diz Bolsonaro

Recursos para aposentadorias e programas como Bolsa Família faltariam nos próximos meses, segundo o presidente.

Por Redação Portal T5

04h00 - Atualizado 09/06/2019 às 17h35

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a aprovação de um crédito extra para o governo de R$ 248 bilhões e disse, para justificar a medida, que a receita da União está "bem abaixo do previsto." 
"Se não aprovar [o crédito extra], teremos problemas", disse Bolsonaro, neste domingo (9) no Palácio da Alvorada, em Brasília.

Não é a primeira vez que Bolsonaro trata publicamente do PLN 4 (Projeto de Lei do Congresso Nacional) neste fim de semana. No sábado (8), ele disse nas redes sociais que, sem o crédito suplementar, haveria a suspensão do pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência no próximo dia 25.

Recursos para aposentadorias e programas como Bolsa Família, Plano Safra e Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) também faltariam nos próximos meses, segundo o presidente.

"Não é que eu não queira pagar [os benefícios], é que não vai ter dinheiro", disse Bolsonaro, enquanto cumprimentava apoiadores em frente ao Alvorada. 
Questionado se o dinheiro para esses benefícios já não estão previstos no Orçamento, Bolsonaro respondeu: "está, mas a receita está bem abaixo do previsto."

Numa nova mensagem publicada neste domingo sobre o PLN 4, Bolsonaro disse que a oposição está trabalhando para inviabilizar o pagamento desses benefícios.

"Para alcançar seus objetivos vale até prejudicar os mais pobres", diz a publicação, que traz a imagem do deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP).

Leia também:

Hacker tentou invadir celular de juiz federal relator da Lava Jato no RJ