Paraíba, segunda-feira, 14 de outubro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

Câmeras flagram meteoro atravessando atmosfera na região Sul do Brasil

Fenômeno natural foi capturado pelas câmeras de um professor especialista no assunto, com altitude calculada de 36 km

Por Redação Portal T5

16h38 - Atualizado 13/04/2019 às 20h17
Uma câmera posicionada na cidade de Taquara registrou o exato momento da passagem do meteoro
Uma câmera posicionada na cidade de Taquara registrou o exato momento da passagem do meteoro Foto: Carlos Fernando Jung/Arquivo Pessoal

Um belo fenômeno natural pôde ser visto nos céus da região Sul do Brasil durante a madrugada desta sexta-feira (13). Câmeras instaladas na cidade de Taquara, Grande Porto Alegre, flagraram o exato momento em que um meteoro atravessa a atmosfera terrestre.

Vídeo: ex-atacante do Flamengo tem carro roubado no Rio quando levava filhas para o colégio

O equipamento é de propriedade do professor Carlos Fernando Jung, pós-doutor em Engenharia e diretor científico da Brazilian Meteor Observation Network (Bramon). Segundo ele, o meteoro estava a 122 mil km/h, e começa a perder força quando atravessa a atmosfera da Terra. Ele passa a ser chamado de “bólido” quando ocorre a explosão.

"Ele pesava 12 kg quando ele entrou na atmosfera, com o tempo ele diminuiu a massa, até que os fragmentos foram mínimos. O objeto foi totalmente consumido em sua passagem atmosférica, a cerca de 145 Km sobre o mar da costa do Rio Grande do Sul", explicou, ao portal G1.

Jung, que tem outras duas câmeras instaladas pelo estado, em São Leopoldo e Porto Alegre, calcula que o meteoro foi extinto a uma altitude de 36 km.

"Diariamente, a terra é bombardeada por meteoros, que entram aqui, são atraídos pela gravidade da Terra. É uma coisa comum. Durante o dia e a noite, não tem hora, nem lugar para acontecer. Mas não é normal a gente fazer um registro dessas proporções”, complementou ele.