Paraíba, sábado, 25 de maio de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

Caso Marielle: Coaf verifica depósito de R$ 100 mil na conta de PM acusado

Ainda não há informações sobre a origem do dinheiro

Por Lillyane Rachel

13h40

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), verificou um depósito de R$ 100 mil, em espécie, na conta do policial Ronnie Lessa acusado de realizar os disparos que provocaram a morte da vcereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, no ano passado.

Leia Mais: PM e ex-PM são presos suspeitos de matar Marielle e Anderson

A data aponta que o depósito foi feito em outubro de 2018, sete meses após o crime.

A justiça determinou o bloqueio dos bens dos dois acusados que estão presos. "O pedido de bloqueio de bens foi feito à Justiça no momento do oferecimento da denúncia e deferido pelo Juízo", explicou a Promotoria.

Leia Mais: Famosas se manifestam nas redes sociais sobre caso Marielle

O relatório do Coaf traz ainda bens materiais de Lessa, como uma lancha, um veículo blindado avaliado em aproximadamente R$ 150 mil e uma casa em um condomínio de luxo, sendo incompatível com a renda de um PM reformada que possui uma aposentadoria líquida de R$ 7. 463, 86

Ainda não há informações sobre a origem desse depósito.

A defesa de Lessa afirma que não teve acesso ao relatório da Coaf.