Paraíba, terça-feira, 19 de março de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

Suspeito de matar Marielle Franco recebeu depósito de R$ 100 mil em dinheiro

Depósito para Ronnie Lessa foi feito na boca do caixa, sete meses após o crime

Por Redação Portal T5

09h01
Ronnie Lessa é acusado de executar Marielle e Anderson
Ronnie Lessa é acusado de executar Marielle e Anderson Foto: Reprodução

O Conselho de Controle de Atividades Fincanceiras (Coaf) divulgou um relatório em que aponta que o militar reformado Ronnie Lessa, preso no início da semana acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, recebeu um depósito de R$ 100 mil em conta.

Segundo o documento, citado pelo Ministério Público em pedido de bloqueio dos bens do policial militar e do ex-PM Élcio Queiroz, preso na mesma operação, o depósito foi realizado na boca do caixa no dia 9 de outubro de 2018, sete meses após o crime.

De acordo com o órgão, o bloqueio foi solicitado à Justiça para garantir que as famílias de Marielle e de Anderson tenham direito à indenização por danos morais.

Leia também:

Atentados a duas mesquitas deixam quase 50 mortos na Nova Zelândia

PF deflagra operação contra crimes financeiros e prende colombiano em João Pessoa