Paraíba, quinta-feira, 25 de abril de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

Ricardo Boechat: veja a cobertura completa do Portal T5 sobre a morte do jornalista

Âncora da Bandeirantes deixa lacuna de tempo indeterminado na coragem do jornalismo brasileiro.

Por Redação Portal T5

21h16 - Atualizado 12/02/2019 às 05h36
Ricardo Boechat morreu aos 66 anos
Ricardo Boechat morreu aos 66 anos Foto: Divulgação

O silêncio da voz corajosa do jornalista Ricardo Eugênio Boechat deixa um espaço mudo na imprensa brasileira a partir desta segunda-feira (11). Um acidente envolvendo um helicóptero e um caminhão nesta manhã, tirou a vida do âncora da Bandeirantes, de 66 anos, e do piloto da aeronave, Ronaldo Quattrucci.

Com 49 anos de carreira, o jornalista iniciou na profissão no extinto Diário de Notícias; também trabalhou no jornal O Globo, Jornal do Brasil, O Estado de S. Paulo e O Dia. Atualmente, Boechat apresentava o Jornal da Band, fazia parte da rádio BandNews FM e era colunista da revista IstoÉ.

O corpo do jornalista será velado no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, a partir das 22h.

Ricardo Boechat tinha seis filhos e era casado com a também jornalista Veruska Seibel.

Foto: Reprodução/TV Globo

O acidente

Segundo o Corpo de Bombeiros, o chamado de socorro foi feito às 12h14. A aeronave atingiu um caminhão no Rodoanel, em São Paulo, e as vítimas fatais ficaram carbonizadas.

Nove viaturas dos Bombeiros foram enviadas para o trecho onde ocorreu o acidente.

Estavam no helicóptero, Ricardo Boechat e o piloto. O motorista do caminhão atingido ficou ferido e foi socorrido.

+ Vídeo mostra incêndio após queda de helicóptero que matou Boechat em SP; veja

+ Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero, em SP

Foto: Reprodução/ Band/ GloboNews/ TV Globo

Repercussão

Jornalistas deram a notícia da morte do colega com voz embargada e muita comoção. O colega de emissora José Luiz Datena, a ex-colega de bancada  Maria Coutinho Beltrão, da Globo News, e os âncoras do Jornal Hoje não se contiveram ao informar sobre a tragédia.

+ Jornalistas se emocionam ao noticiar morte de Boechat; veja

"Pior dia da minha vida", essa foi a legenda usada por Veruska Seibel Boechat, viúva do jornalista Ricardo Boechat, em seu perfil no Instagram. A publicação foi acompanhada de uma foto do casal e um coração partido.

+ Companheiro de Boechat nas manhãs, José Simão comenta morte do amigo

Viúva de Boechat se manifesta através do Instagram: "Pior dia da minha vida"

Helicóptero prefixo PT-HPG
Helicóptero prefixo PT-HPG Foto: Matheus Herrera / Arquivo pessoal

Irregularidades 

Em nota divulgada no site oficial, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a empresa responsável pelo helicóptero que caiu matando o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quatrucci não podia fazer taxi aéreo.

Em 2011, inclusive, a companhia havia sido multada por atividade irregular.

+ Empresa dona de helicóptero que transportava Boechat não podia fazer táxi aéreo, diz Anac

Confira uma galeria de imagens da vida e carreira do jornalista:

Sugestão de leitura sobre o assunto: Viúva de Boechat se manifesta através do Instagram: "Pior dia da minha vida"

Companheiro de Boechat nas manhãs, José Simão comenta morte do amigo

Morte de Boechat deixa rádio Band News minutos tocando só a vinheta

+ Cid Moreira se manifesta sobre morte de Boechat: "Perda lamentável"

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado!

Para sugerir pautas, entre em contato com a redação pelo número (83) 9.8684-1874 e 3015-3741.