terça-feira, 10 de dezembro de 2019
Busca

Portal T5

Brasil

Embaixada da Venezuela em Brasília é invadida

Segundo informações da Polícia Militar, os invasores chegaram ao local por volta das 4h da manhã e tentaram expulsar os funcionários do corpo diplomático.

Por Redação Portal T5

09h45 - Atualizado 13/11/2019 às 10h39
Cristiano Mariz/VEJA

A embaixada da Venezuela em Brasília foi invadida na madrugada desta quarta-feira (13), por um grupo de apoiadores de Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino do país sul-americano. Segundo informações da Polícia Militar, os invasores chegaram ao local por volta das 4h da manhã e tentaram expulsar os funcionários do corpo diplomático.

De acordo com relatos, eles pularam o muro e ocuparam as instalações.
O grupo nega e diz que entrou no local pacificamente, com autorização de funcionários que haveriam "desertado" e abriram os portões.

+ Vitória e CRB empatam em 2 a 2 no Barradão

Apesar de acionada, a PM não pôde entrar no local ou retirar as pessoas, por se tratar de uma representação diplomática. A situação ainda não foi resolvida e os simpatizantes de Guaidó permanecem na embaixada.

O encarregado de negócios do país no Brasil, Freddy Meregote, disparou áudios para parlamentares e lideranças de movimentos sociais para que saíssem em seu socorro.
"Companheiros, informo que pessoas estranhas às nossas instalações estão entrando [na embaixada], estão violentando o território venezuelano. Necessitamos ajuda e uma ativação imediata de todos os movimentos sociais e partidos políticos", afirmou Meregote em sua mensagem.

A invasão foi denunciada nesta manhã por parlamentares brasileiros do PT e PCdoB. Em um vídeo compartilhado pelo senador Humberto Costa, o deputado federal Paulo Pimenta (PT/RS) afirma na frente da embaixada que uma “milícia foi contratada” para realizar a invasão, que classifica como “uma violação do território venezuelano”. Com informações de Veja