Paraíba, quarta-feira, 23 de janeiro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

João de Deus e esposa são indiciados por posse ilegal de armas

A delegada Karla Fernandes, que investiga o caso, também anunciou o fim da força-tarefa criada para investigar denúncias contra o médium.

Por Redação Portal T5

11h20

O médium João de Deus e a mulher dele, Ana Keyla Teixeira, foram indiciados pela Polícia Civil por posse ilegal de armas.

A delegada Karla Fernandes, que investiga o caso, também anunciou o fim da força-tarefa criada para investigar denúncias contra o médium. As informações foram prestadas durante entrevista coletiva concedida na manhã desta quinta-feira (10).

+ No nono dia de ataques no Ceará, criminosos explodem bomba em viaduto e incendeiam veículos

“A força-tarefa da Polícia Civil encerrou todos os seus procedimentos porque já foram indicados em dois [casos] por posse ilegal de arma tanto o João de Deus, como a esposa dele, Ana Keyla, uma vez que ambos moram nas mesmas residências, tanto de Abadiânia, como Anápolis. Nas duas cidades houve apreensão de armas de fogo”, disse.

+ Lutadora do UFC que bateu em ladrão encara problemas após fake news

+ Mulher é presa suspeita de tentar jogar filhos embaixo de ônibus em João Pessoa

Um dos advogados do médium, Alex Neder, explicou que as armas, assim como relatou João de Deus à Polícia, eram de pessoas que queriam tentar se matar ou “garantia” de empréstimos.

Ainda de cordo com a delegada, João de Deus foi indiciado ainda por violação sexual mediante fraude – o crime ocorreu há três anos e a vítima mora em São Paulo.

Leia Mais:

+ Câmera flagra assassinato de ator, em João Pessoa; suspeito foi preso

+ Ataque em praça deixa três mortos na Grande João Pessoa

+ Saiba quem é ‘Jenifer’, personagem da música mais tocada do Brasil no momento

+ Lady Gaga publica texto se desculpando por parceria com cantor acusado de assédio

Com informações da Jovem Pan