Paraíba, quarta-feira, 19 de dezembro de 2018
23° C
Busca

Portal T5

Brasil

Por uma guimba de cigarro, capitão da Marinha é preso suspeito de estupro a vizinha

A polícia conseguiu desvendar o crime com a ajuda de um exame de DNA. O acusado se recusou a ceder material para o teste

Por Redação Portal T5

06h02 - Atualizado 25/09/2018 às 11h03

O crime aconteceu em um condomínio de alto padrão em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. O acusado, André Charmarelli Teixeira, de 36 anos, parecia acima de qualquer suspeita. Contudo, ele é suspeito de ter estuprado a vizinha, em abril deste ano.

Os detalhes foram divulgados pela polícia recentemente. André entrou no apartamento da vizinha pela varanda. Armado e com o rosto coberto, ele imobilizou a vítima, que dormia. Ela acordou, lutou com o invasor e conseguiu fugir para o banheiro.

Lá, a luta continuou e o carregador da arma do capitão da Marinha caiu no vaso sanitário - foi quando ele fugiu. Em depoimento, ele negou o crime e também se recusou a ceder material para exame de DNA. Para a polícia, faltava, então, uma prova que o identificasse como o autor do estupro. A prova definitiva foi conseguida através de uma guimba de cigarro, deixada pelo suspeito na delegacia.

Siga nosso Instagram e Facebook e fique bem informado! Para sugerir pautas, entre em contato com a redação pelo número (83) 8684-1874 e 3015-3769