Paraíba, segunda-feira, 24 de junho de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

Ex-militar é preso no Rio suspeito de assassinar vereadora Marielle Franco

Um outro homem também foi preso, acusado de integrar uma milícia de crime organizado na capital carioca.

Por Redação Portal T5

12h24 - Atualizado 24/07/2018 às 15h51
Alan de Morais (esq.) e Luís Cláudio Ferreira (dir.) são suspeitos de integrarem milícias no Rio de Janeiro
Alan de Morais (esq.) e Luís Cláudio Ferreira (dir.) são suspeitos de integrarem milícias no Rio de Janeiro Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Rio de Janeiro, através da Delegacia de Homicídios, prendeu na manhã desta terça-feira (24) um suspeito de estar no veículo que foi utilizado na execução da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em crime que aconteceu no dia 14 de março, na capital carioca.

Alan de Morais Nogueira, conhecido como “Cachorro Louco”, é ex-policial militar e acusado de participar das milícias de crime organizado no Rio. O ex-bombeiro Luís Cláudio Ferreira também foi preso na ação da polícia, que planeja desarticular uma milícia liderada pelo ex-militar Orlando Oliveira de Araújo.

A dupla ainda é suspeita de envolvimento em mais dois homicídios. De acordo com a Polícia Civil, a prisão foi feita a partir de uma denúncia anônima. A mesma pessoa, inclusive, teria apontado Alan de Morais como um dos executores de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Relembre:

Vereadora do PSOL é morta a tiros durante assalto no Rio

Na Paraíba, tia de Marielle Franco fala sobre perdão ao autor do crime

Na Paraíba, Rodrigo Maia diz que morte de vereadora Marielle não foi planejada da noite para o dia

Leia Mais:

+ Mulher confessa ter feito sexo oral no filho de 3 anos para provar amor a namorado virtual

+ Refrigerante de gengibre se torna alvo de piadas na internet: “Remédio pra garganta”

+ Homem termina relacionamento após encontrar fotos da mulher nua em grupos de WhatsApp

+ “Coração ainda acelerado”, diz Michel Teló após susto durante voo

+ Advogado entra com ação em forma de poema contra homem envolvido em confusão com vendedor de sorvete