Paraíba, quinta-feira, 20 de setembro de 2018
22° C
Busca

Portal T5

Brasil

Raquel Dodge pede investigação de desembargador que aceitou habeas corpus de Lula

Rogério Favreto aceitou um habeas corpus solicitado por deputados do PT em favor do ex-presidente.

Por Redação Portal T5

19h17
Rogério Favreto é desembargador pelo TRF-4
Rogério Favreto é desembargador pelo TRF-4 Foto: Divulgação

A Procuradora-Geral da República Raquel Dodge pediu nesta quarta-feira (11) a investigação do desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que acatou um pedido de habeas corpus a favor do ex-presidente Lula no último domingo (8).

Dodge ajuizou o pedido de investigação de Favreto no Supremo Tribunal Judicial (STJ), para apurar se ele cometeu o crime de prevaricação - retardar, deixar de praticar ou praticar indevidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

Ela também entrou com uma representação contra o desembargador no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por acreditar que ele possa ter violado os princípios que regem a magistratura.

A investigação também vai abarcar uma suposição que foi bastante discutida na internet após a soltura de Luiz Inácio Lula da Silva: a de que Favreto teria agido em conjunto com os deputados do PT, que foram os solicitantes do habeas corpus.

O desembargador, inclusive, foi filiado ao Partido dos Trabalhadores por 20 anos, o que reiterou as dúvidas sobre sua conduta. A representação criminal de Raquel Dodge contra ele foi feita exatamente no STJ, já que Rogério Favreto possui foro privilegiado.

Leia também:

Gleisi Hoffmann terá reunião com Ricardo Coutinho sobre apoio a Lula

MP investiga site que vende CPF, endereço e outros dados pessoais