Paraíba, segunda-feira, 18 de junho de 2018
28° C
Busca

Portal T5

Brasil

Filho de ex-BBB é preso suspeito de homicídio em festa no Distrito Federal

O jovem tem 22 anos de idade e é usuário de drogas.

Por Redação Portal T5

16h38 - Atualizado 11/06/2018 às 16h40
Jhefferson Gonçalves Nunes estaria sob efeito de álcool e drogas, segundo a PM
Jhefferson Gonçalves Nunes estaria sob efeito de álcool e drogas, segundo a PM Foto: Divulgação/PM

Jhefferson Gonçalves Nunes, de 22 anos, foi preso na madrugada deste domingo (10) no Distrito Federal, suspeito de esfaquear e matar um rapaz de 28 anos de idade em uma festa em Brazilândia, cidade satélite que fica a quase 40 km de Brasília. O jovem é filho da ex-BBB Elis Nair, que participou da edição de 2017 do reality.

De acordo com a Polícia Civil, o crime também aconteceu durante a madrugada, e a vítima foi André Luiz Bispo de Ataídes, filho de um policial militar da reserva.

Homem suspeito de aliciar menores é linchado até a morte em João Pessoa

Estudantes são vítimas de arrastão quando iam para escola, na Paraíba

O boletim de ocorrência relata que a ação foi praticada quando a vítima chegava na festa acompanhada do irmão, e havia acabado de perguntar o preço da entrada. Em seguida, os dois ficaram conversando na rua. Jhefferson, que estaria sob efeito de álcool e drogas, teria então imaginado se tratar de uma briga, e partiu para cima de André.

Com isso, o filho da ex-participante do Big Brother Brasil golpeou a vítima com facadas pelas costas e na nuca, e continuou a agressão enquanto o rapaz estava no chão. Depois do crime, o suspeito fugiu de moto, sendo localizado pela polícia na casa de um amigo.

Tanto Jhefferson Nunes quanto Paulo Henrique de Souza, amigo dele que teria ajudado a segurar André Luiz, foram presos. O caso agora está sendo investigado pela 24ª Delegacia de Polícia.

Em suas redes sociais, Elis Nair publicou um vídeo explicando que seu filho estava internado em uma clínica de reabilitação por ser viciado em drogas. Ela limitou-se ainda a dizer que não recebeu ligações da clínica informando que o jovem teria fugido.

Leia também:

Homem é esfaqueado, tenta fugir e é atropelado em João Pessoa

Carro roubado de PM assassinado é encontrado queimado