Paraíba, sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

Vídeo: pai joga no chão criança que chutou bola no lugar do filho

Caso ocorreu em condomínio de Goiânia. Homem disse que sua intenção era repreender crianças que faziam seu filho de “bobinho”

Por Carlos Rocha

22h28

Um caso de agressão a criança foi flagrado em condomínio do Setor Bueno, em Goiânia, na noite de segunda-feira (17/12). Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que um homem, de 43 anos, levanta e depois joga no chão um menino de 5 anos, que chutou a bola no lugar de seu filho, de 2 anos. As imagens foram captadas na quadra de um condomínio, localizado em uma área nobre da capital de Goiás e exibidas pela TV Anhanguera.

O caso se assemelha ao ocorrido no Setor Octogonal, em Brasília, onde um casal agrediu um menino de 6 anos, após o filho ter caído na quadra, durante uma brincadeira, e machucado o rosto. Além de agredir a criança, o pai obrigou o filho a bater no menino, por acreditar que ele era o culpado do ferimento. O caso de Brasília causou indignação dos moradores do condomínio e nas redes sociais.

Em Goiânia, a mãe do menino agredido denunciou a situação à Polícia Militar. De acordo com o boletim de ocorrência, ele alegou que desceu para jogar bola com o filho e que o outro garoto jogava basquete com o irmão mais velho e outras duas crianças.

Quando o filho chutava a bola, ela ia em direção ao outro grupo, que demonstrou irritação com a situação. De acordo com o depoimento, uma menina teria entrado na quadra e disse para o menino fazer o filho dele de “bobinho”. Nesse momento, de acordo com o relato, o garoto correu e chutou a bola no lugar do bebê.

O suspeito declarou, ainda que ergueu o menino para levá-lo até a menina para “tirar a história a limpo”. Então, segundo ele, o menino começou a se debater. O homem disse que o soltou e ele caiu no chão.

Na delegacia, o homem disse que não teve a intenção de agredir as crianças, que está arrependido e disposto a pedir desculpas.