Paraíba, quarta-feira, 14 de novembro de 2018
32° C
Busca

Portal T5

Brasil

Maior parte dos imigrantes venezuelanos no Brasil trabalha com construção ou como assistente

Os dados se referem àqueles que foram cadastrados para trabalhar no mercado de trabalho brasileiro

Por Redação Portal T5

18h03
Venezuelanos refugiados chegando ao Brasil
Venezuelanos refugiados chegando ao Brasil Foto: Reprodução/Internet

Com a crise econômica recente na Venezuela, mais de 3 milhões de habitantes do país precisaram migrar ou se refugiar em outros lugares do mundo. De acordo com as agências das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) e para Migrações (OIM), eles já são cerca de 85 mil no Brasil.

Contudo, apenas 3.042 deles foram cadastrados pela Operação Acolhida no Posto de Triagem de Boa Vista, em Roraima, e estão aptos para atuar no mercado de trabalho brasileiro. A maior parte deles, aliás, vem de uma área bastante representativa no Brasil: a construção.

Confira os número de venezuelanos cadastrados no país com relação à área de profissionalização:

  • Construção (pedreiro, pintor, carpinteiro, eletricista, etc) – 863
  • Auxiliares/Assistentes/Adjuntos – 655
  • Cozinha – 404
  • Mecânico (industrial, carro, moto, etc.) - 207
  • Motorista – 191
  • Vendas – 177
  • Administração – 133
  • Professores – 77
  • Informática – 63
  • Engenheiro – 55
  • Operador de Máquinas – 51
  • Enfermeiros – 50
  • Refrigeração – 37
  • Indústria Petroleira – 28
  • Hotelaria e Turismo – 20
  • Médicos – 18
  • Advogados - 13

Leia também:

Teleton 2018 começa nesta sexta-feira (9) com expectativa de arrecadar R$ 30 milhões

Portal publica suposto bônus recebido por Neymar no PSG e craque se irrita: “Bando de idiota”