Paraíba, sexta-feira, 23 de agosto de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Brasil

Mestre de capoeira é morto a facadas após discussão política

Segundo a PM, a vítima foi assassinada por discordar do agressor que defende Jair Bolsonaro.

Por Redação Portal T5

12h00 - Atualizado 08/10/2018 às 12h01
Romualdo Rosário da Costa
Romualdo Rosário da Costa Foto: Reprodução / Internet

Um homem foi morto na madrugada desta segunda-feira (8), após se envolver em uma discussão política. O crime aconteceu em um bar de Salvador, na Bahia. A vítima foi identificada como Romualdo Rosário da Costa, mestre de capoeira e compositor, de 63 anos.

Governo da Indonésia confirma 1.948 mortes após terremoto e tsunami

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), disse que o crime aconteceu o agressor não concordou com a posição política de Romualdo, contrária ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL). Após isso, ele teria esfaqueado o compositor por pelo menos 12 vezes.

O suspeito foi preso em sequência e confessou o crime à polícia. Ainda de acordo com a SSP-BA, o homem teria se aproximado do grupo em que o líder de capoeira estava e afirmado que era eleitor de Bolsonaro. O homem teria reagido com violência após ouvir que o mestre votava no PT.

Leia mais: Número de mortos após terremotos e tsunami na Indonésia

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado!

Para sugerir pautas, entre em contato com a redação pelo número (83) 9.8684-1874 e 3015-3741.