Paraíba, segunda-feira, 10 de dezembro de 2018
22° C
Busca

Portal T5

Brasil

A partir de qual temperatura podemos morrer de calor?

De acordo com o médico Paulo Saldiva, o​ nosso corpo pode entrar em colapso no calor.

Por Redação Portal T5

04h30 - Atualizado 05/12/2017 às 16h57

Em João Pessoa faz calor o ano inteiro e isso todo mundo já sabe, mas agora o verão está chegando, isso significa tardes de temperatura muito elevada e aquela sensação de desconforto. Mas será que a expressão "morrer de calor" faz sentido para a ciência ou é só um exagero de quem não gosta muito dessa época do ano?

De acordo com o médico Paulo Saldiva, o nosso corpo pode entrar em colapso no calor, o problema é que a temperatura exata em que isso pode acontecer depende de fatores ambientais, da idade e da saúde de cada indivíduo.

"Em câmaras de exposição, testes que são feitos com pessoas jovens e normais, o risco começa quando a temperatura chega aos 42º C. Neste momento, a pessoa começa a perder volume e não resistiria por muito tempo", diz Saldiva, que pesquisa o impacto das cidades na saúde humana.

Esses ambientes de teste, porém, não reproduzem o mundo real, onde esse limite pode ser bem menor, de acordo com o conforto térmico dos espaços em que as pessoas vivem, de doenças crônicas pré-existentes e da faixa etária de cada um.

Além disso, Saldiva diz que a possibilidade de alguém morrer de calor é maior nas periferias das grandes cidades brasileiras, onde as habitações costumam ser mais precárias, os bairros têm menos áreas verdes e as temperaturas podem ser mais altas do que nos bairros de classe alta.

Existem ainda diferenças regionais, já que o nosso corpo se acostuma à média das temperaturas do lugar em que vivemos. Em São Paulo, o pesquisador da USP afirma que as mortes podem ocorrer quando os termômetros ultrapassam 28ºC e ele estima que elas correspondam a mil óbitos em média por ano.