Motorista de aplicativo leva passageiros em clima junino em João Pessoa

Motorista de app encanta clientes com clima junino

Já imaginou pedir uma corrida por um aplicativo de celular e embarcar num carro totalmente com clima de São João? 

Foi o que aconteceu na última semana com a funcionária pública Iris Porto, na capital paraibana. 

Ao sair do trabalho, depois de um dia cansativo, a passageira foi recebida por um motorista que oferecia uma viagem animada e aconchegante

Bandeirinhas coloridas, um matuto dançando, fogueira acessa e balões são atrativos para fazer o cliente entrar no clima junino do carro de Caio Vinícius. 

Eu fiquei encantada com a criatividade! É um ato de grande gentileza, sobretudo no São João, que é como se fosse o segundo Natal para o nordestino”, contou. 

A empolgação foi tamanha que Iris registrou toda viagem com vídeos no celular e os publicou em uma rede social. 

Ela gravou e contou para os amigos sobre a decoração inclusiva do Dia dos Namorados e os serviços oferecidos pelo condutor: “Tem livros, cruzadinhas, gibis em um suporte no banco do passageiro. Ele pensa em tudo! Na decoração para os namorados havia um coração com as cores o arco-íris, isso faz todo mundo se sentir contemplado”, disse.

Satisfeito com o resultado, Caio conta que decidiu ser motorista de aplicativo depois de ficar desempregado. 

A necessidade fez enxergar possibilidades: “Passei um ano sem conseguir emprego e isso foi uma saída. Antes eu já havia trabalhado no comércio e sei como o cliente gosta de ser tratado, um ambiente bacana, agilidade no serviço, educação e, claro, a decoração de São João traz conforto nessa época”.

O atrativo do visual chama atenção pelo colorido e cuidado com o trabalho e clientes. 

Há pouco menos de seis meses dirigindo o carro alugado para sustentar a família, o profissional de 34 anos decidiu sair da zona de conforto da maioria e fazer diferente. “Comecei a pesquisar na internet como eram os motoristas de outras cidades e fiz adaptações. Além de água e balinhas, o carro tem álcool gel, lixa de unhas e kit com linhas e agulhas, caso os clientes precisem”, relatou.

A postagem de Iris chamou atenção nas redes sociais e o Portal T5 propôs um reencontro entre a passageira e o motorista, que toparam na hora. 

Durante a conversa, a servidora pública disse acreditar que não o veria novamente e agradeceu mais uma vez o empenho do serviço do outro dia.

Esse tipo de atenção faz muito bem para alma da gente, nesse contexto com tanta preocupação... sair do trabalho e entrar num ambiente com leveza e descontração de clima junino, eu nem queria sair do carro!

Ao ouvir palavras de reconhecimento, Caio ficou emocionado com a declaraçãode afeto da cliente, que ofereceu um abraço.  

As cortesias oferecidas dentro carro não valem tanto quanto a dedicação e o tempo, que não podem ser medidos por valor nenhum financeiro, além de tudo, nos faz lembrar que gentileza não custa nada. 

Para o motorista, a recompensa é a troca de afeto e possibilidade de bons encontros, já a passageira, lamentou apenas a viagem ter sido tão curta. 

Quantas estrelas você acredita que vale essa história?