Paraíba, terça-feira, 19 de março de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Presidente da Fiep-PB é alvo de operação da Polícia Federal

A PF investiga um esquema de corrupção envolvendo empresas que executavam contratos por convênios com o Ministério do Turismo e o Sistema S.

Por Redação Portal T5

09h40 - Atualizado 19/02/2019 às 10h54
Imagem? Reprodução/Campina FM

Francisco Benevides Buega Gadelha, presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), é um dos alvos da Operação Fantoche, deflagrada pela Polícia Federal nesta terça-feira (19). De acordo com a PF, há um mandado de prisão temporária que ainda não foi cumprido. A assessoria de imprensa da Fiep informou ao Portal T5 que Buega Gadelha está em Brasília cumprindo agenda institucional. Acrescentou ainda que não há esclarecimentos sobre o assunto.

+ PF desarticula esquema de corrupção no Ministério do Turismo e cumpre mandados em Campina Grande

A PF investiga um esquema de corrupção envolvendo um grupo de empresas que executava contratos por convênios com o Ministério do Turismo e entidades do Sistema S.

As ordens judiciais foram expedidas pela 4ª Vara Federal de Pernambuco e são cumpridos um mandado de prisão e três de busca e apreensão. Além da Paraíba, 10 mandados de prisão e outros 40 de busca e apreensão acontecem no Distrito Federal, Pernambuco, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Alagoas.

Segundo a Polícia Federal, a Operação Fantoche conta com apoio do Tribunal de Contas da União (TCU).

Conforme as investigações, o grupo criminoso da mesma família pode ter desviado aproximadamente R$ 400 milhões desde 2002 e pode responder por prática de crimes contra a administração pública, fraudes licitatórias, associação criminosa e lavagem de ativos.

Fazem parte do sistema S o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Serviço Social do Comércio (Sesc), o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac).