Paraíba, sexta-feira, 17 de novembro de 2017
20° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Ministério Público arquiva investigação contra ex-arcebispo da PB

Dom Aldo Pagotto e outros padres eram suspeitos de terem cometido abuso sexual com adolescentes de 14 anos.

Por Vitor Feitosa

15h36 - Atualizado 14/11/2017 às 15h37
Dom Aldo Pagotto, ex-arcebispo da Paraíba.
Dom Aldo Pagotto, ex-arcebispo da Paraíba. Foto: Reprodução/Internet

O Conselho Superior do Ministério Público da Paraíba arquivou a investigação contra Dom Aldo Pagotto, ex-arcepisbo da Paraíba, que era suspeito de manter relações sexuais com adolescentes de 14 anos.

Segundo a publicação feita no Diário Oficial Eletrônico do MP, o motivo do arquivamento foi em função das denúncias não terem sido confirmadas.

Inclusive, de acordo com o procurador Francisco Sagres, que pediu o arquivamento do caso, a denúncia prescreveu porque da suposta vítima não registrou queixa de abuso até completar 18 anos.

Outros padres, além de Dom Aldo, também foram acusados de abuso sexual. A decisão pelo não prosseguimento do processo acabou sendo unânime.