Paraíba, segunda-feira, 23 de outubro de 2017
18° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Caso da "santa amaldiçoada" gera polêmica, na Paraíba

Construtor diz que políticos perdem tempo discutindo religião ao invés de cuidar da população

Por Vitor Feitosa

18h14 - Atualizado 12/10/2017 às 21h45
Foto das obras na Ponte da Pontinha, onde seria colocada a imagem.
Foto das obras na Ponte da Pontinha, onde seria colocada a imagem.

Essa semana, uma situação que ocorreu na cidade de Pitimbu, litoral sul da Paraíba, ganhou repercussão. O vereador Zico (PSDC) teria afirmado em um áudio vazado nas redes sociais estar alegre pela decisão do prefeito da cidade, Leonardo Barbalho, de desistir de colocar uma imagem de Nossa Senhora Aparecida em na Ponte da Pontinha, distrito de Acaú. Segundo ele, a imagem "amaldiçoaria” a cidade.

O caso gerou polêmica entre os próprios políticos e também entre a população, sendo o vereador acusado de intolerância religiosa. Em entrevista recente para uma rádio de João Pessoa, Zico disse ter sido infeliz na escolha do termo, mas que a instalação da imagem iria de encontro aos preceitos religiosos da comunidade evangélica.

Odilon Lins disse estar surpreso com a declaração do vereador.
Odilon Lins disse estar surpreso com a declaração do vereador.

Repercussão

O dono da construtora que realizou a obra da ponte em Pitimbu, Odilon Lins, afirmou ao Portal T5 que foi ele quem teve a ideia de pôr uma imagem no local, e explicou ter pensado na imagem do Cristo Redentor por imaginar que a população iria gostar.

No vídeo, Odilon ainda diz ter ficado “transtornado” em saber que o prefeito de Pitimbu, Leonardo Barbalho, havia concordado com a opinião do vereador, porque sabia que o político era uma pessoa muito católica. Mas suas críticas foram direcionadas em maior parte ao vereador Zico.

“Fiquei surpreso e acho isso uma aberração da natureza. Em vez de um político estar cuidando da cidade, das escolas, do município, da água e de uma série de problemas que existem, fica criando polêmica por religião. Eu acho, seu Zito, que o senhor devia cuidar do seu mandato, e não de religião”, declarou indignado.

O prefeito Leonardo Barbalho também veio a público esclarecer o ocorrido. Ele explicou que em nenhum momento disse que colocaria a imagem de Nossa Senhora no local, e que sua gestão estava apenas “avaliando” a possibilidade de colocar alguma imagem na reinauguração da ponte, cogitando até probabilidade de ser o Cristo Redentor.

“Sou católico convicto desde que nasci, toda população de Pitimbu sabe disso. Evangélicos votaram em mim porque acredito que todos somos cristãos e sempre respeitei todas as religiões. Eu acredito que há várias versões equivocadas. Respeito todo mundo, todas as religiões e também quero que respeitem a minha. Então não coloquem palavras na minha boca, pois essa possibilidade nunca foi discutida nem com Zico e repito, nem com nenhum outro vereador”, assegurou o prefeito.

Leonardo ainda fez um pedido para que toda essa discussão fosse encerrada, e que o respeito entre religiões permanecesse. “O Leonardo é cristão, católico. O prefeito é laico, respeita todas as religiões e nunca desrespeitei quem quer que seja. Vamos parar com isso, pois não nos leva a nada, a caminho nenhum. Que Deus continue abençoando a cidade de Pitimbu e a todos que nela habitam”, finalizou.

Quem também se manifestou sobre o assunto foi Elcias Azevedo (PSD), presidente da Câmara dos Vereadores de Pitimbu. Ele afirmou que não concorda com a frase dita pelo vereador Zico e a colocação de alguma imagem religiosa não seria positiva para o prefeito.

“Politicamente seria ruim para o prefeito por não contemplar outras religiões e não debater o mérito religioso. O vereador precisa ter o cuidado de reconhecer que errou e que ele possa fazer uma retratação. Esse é um esclarecimento referente à minha dignidade pessoal e política. Quem me conhece sabe que eu jamais teria essa atitude”, disse.