Paraíba, quarta-feira, 12 de dezembro de 2018
26° C
Busca

Portal T5

Geral

Supremacistas brancos sugerem matar príncipe Harry por ser "traidor da raça"

Um estudante universitário é apontado como líder do grupo.

Por Redação Portal T5

14h47 - Atualizado 06/12/2018 às 14h54
Príncipe Harry
Príncipe Harry Foto: Reprodução / Internet

Uma investigação da BBC News identificou que um estudante universitário do Reino Unido e outro adolescente estão entre os integrantes de um suposto grupo neonazista americano que pode estar envolvido em pelo menos cinco assassinatos.

O jovem é um dos responsáveis de promover o compartilhamento nas redes sociais da ideia de matar o príncipe Harry por ele ser “traidor da raça”. Ainda segundo o estudo, o fato deve-se ao casamento do príncipe com Meghan Markle.

Mensagens privadas entre os integrantes do grupo também incluem declarações dizendo que policiais deveriam ser estuprados e mortos.

Segundo a coleta da BBC News, o líder do grupo é Andrew Dymock, de 21 anos. Andrew nega ter cometido qualquer irregularidade. Entretanto, segundo a emissora, ele teria criado o grupo conhecido como Sonnenkrieg Division.

Leia mais: Veja como denunciar maus-tratos praticados contra animais

+ Radialista é investigado por suposta fraude na campanha eleitoral a deputado federal, na Paraíba

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado!

Para sugerir pautas, entre em contato com a redação pelo número (83) 9.8684-1874 e 3015-3741.