Paraíba, sábado, 20 de abril de 2019
30° C
Busca

Diversão

Diversão

Oscar decide cortar quatro categorias de transmissão da TV e gera protestos

Intenção da medida seria deixar a transmissão da televisão mais enxuta

Por Redação Portal T5

10h20 - Atualizado 12/02/2019 às 10h26
Cerimônia do Oscar 2019 está marcada para 24 de fevereiro
Cerimônia do Oscar 2019 está marcada para 24 de fevereiro Andrew H. Walker/ Getty Images

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood decidiu cortar quatro categorias da transmissão da premiação do Oscar 2019 na televisão. A medida estava sendo estudada desde o ano passado e foi confirmada pela revista “The Holltwood Reporter”, que revelou mais detalhes.

De acordo com a publicação, os prêmios de maquiagem e cabelo, fotografia, edição e curta-metragem live-action serão entregues nos intervalos comerciais da cerimônia, marcada pra 24 de fevereiro. Nas edições anteriores essa parte da premiação foi transmitida normalmente.

Leia também:

Segunda temporada do reality "Júnior Bake Off Brasil" estreia neste sábado (16)

Ministro do Meio Ambiente chama Chico Mendes de 'irrelevante' e é criticado nas redes sociais

A intenção do corte das categorias seria deixar a transmissão para a TV mais enxuta, na tentativa de conter a queda de audiência dos últimos anos. Assim, seriam 24 prêmios entregues em três horas.

Alguns dos integrantes do cinema norte-americano não receberam bem a decisão. O cineasta Guillermo del Toro, por exemplo, premiado como melhor diretor e com melhor filme por “A Forma da Água”, em 2018, foi um dos que criticaram a medida.

“Se me permitem: eu não gostaria de sugerir quais categorias cortar durante a cerimônia do Oscar, mas fotografia e edição são a alma do nosso negócio. Elas não são herdadas pelas tradições do teatro ou da literatura: elas são o cinema em si”, escreveu.