Paraíba, segunda-feira, 18 de dezembro de 2017
22° C
Busca

Portal T5

Brasil

Justiça determinou que Naldo se afaste de Moranguinho

Ele também foi proibido de ter qualquer contato com Ellen por quaisquer meios de comunicação, inclusive a internet.

Por Redação Portal T5

04h00 - Atualizado 06/12/2017 às 17h18
Naldo e Moranguinho
Naldo e Moranguinho Foto: Reprodução / Internet

Nessa terça-feira (5), três dias após o cantor Naldo Benny ter sido acusado de agredir sua mulher, Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, a Justiça concedeu as medidas protetivas que foram solicitadas pela vítima. A juíza Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, determinou que o artista fique afastado da mulher, de seus familiares e testemunhas do caso, mantendo distância mínima de 100 metros.

Ele também foi proibido de ter qualquer contato com Ellen por quaisquer meios de comunicação, inclusive a internet. A Mulher Moranguinho acusa o marido de tê-la agredido com socos, tapas e puxões de cabelo após uma discussão por ciúmes no último sábado.

Leia mais: Naldo é preso com arma e é acusado de bater em mulher

A magistrada determinou ainda o afastamento de Naldo “do lar conjugal ou domicílio de convivência”, ficando autorizado a retirar seus pertences pessoais do local. Na decisão, a juíza ressalva que, mesmo com a medida, o cantor tem direito a visitar a filha com Ellen.

Também na terça-feira, a juíza Ana Paula Delduque aceitou denúncia do Ministério Público estadual contra Naldo pelos crimes de ameaça e lesão coporal decorrente de violência doméstica.

O cantor foi preso em flagrante nesta quarta-feira em sua casa, na Freguesia, na Zona Oeste do Rio. Ao procurar a Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM) de Jacarepaguá para registrar as agressões, no último sábado, Mulher Moranguinho denunciou que o marido possuía uma arma não registrada. A Polícia Civil conseguiu mandado de busca e apreensão e encontrou uma pistola calibre 7,65 sem registro e munição na residência do cantor. Naldo pagou fiança e foi liberado.

Saiba mais: Patrícia Abravanel denuncia notícias falsas sobre saúde de Sílvio Santos

— A esposa dele veio na delegacia e comunicou ter sido vítima de lesão, injúria e ameaça, e verificamos a possibilidade dele ter uma arma não registrada. No mandado de busca, constatamos que ele tinha uma pistola em casa sem registro. Ele foi preso em casa e não esperava. Foi uma discussão por ciúmes em que ele acabou por agredi-la — falou a delegada titular da DEAM, Viviane Costa.

O pedido de medidas protetivas foi feito por Ellen no próprio sábado, quando ela passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). Em depoimento, a ex-dançarina afirmou que essa não foi a primeira vez que foi agredida pelo marido.

“É imperioso destacar que, em crimes envolvendo violência doméstica e familiar contra mulher, assume especial relevo a palavra da ofendida, em razão de tais infrações serem comumente praticadas na esfera da convivência íntima e em situação de vulnerabilidade, sem que sejam presenciadas por outras pessoas”, afirmou a juíza Ana Paula Delduque, na decisão que deferiu as medidas.

Nessa terça-feira, mesmo dia em que as medidas foram deferidas, Naldo fez uma publicação em seu Instagram se declarando a Moranguinho. "Eu te amo. Lembro como se fosse agora te encontrar foi tão bom, sintonia pura pela química desejo frisson eu te desejando e me declarando te querendo e me dando. Te pegar de madrugada pra fazer com a nossa cara, te quero tanto...é agora nossa hora, sua boca me devora, te quero tanto, te dou te entrego tudo! Vou cada vez mais fundo, e mergulho de cabeça nesse teu amor tão especial".

Com informações de Jornal Extra.