Paraíba, sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
23° C
Busca

Portal T5

Brasil

Antes de ser atropelada duas vezes e morrer, bailarina diz que seria o último show

Ela foi atropelada por um carro e durante o atendimento, outro veículo ignorou a sinalização e a atropelou novamente.

Por Redação Portal T5

08h10 - Atualizado 04/12/2017 às 09h42
Professora com os colegas e alunos em academia. Imagem: Rede Social/Facebook
Professora com os colegas e alunos em academia. Imagem: Rede Social/Facebook

A professora de Educação Física e bailarina, Alessandra Andrade, de 43 anos, morreu após ser atropelada duas vezes seguidas na noite do sábado, na cidade de São Vicente, no Litoral de São Paulo.

A bailaria havia acabado de participar de um show do cantor Léo Santana e de acordo com os colegas, ela declarou ser o última apresentação com o músico. "Ela falou 'esse é o meu último show, não subo nunca mais no palco. Estou cansada, velha e não tenho mais idade pra isso', parece que sabia que ia morrer", conta a dançarina Taio Messias, amiga de Alessandra.

Leia Mais:

- Gagliasso chora ao falar de racismo contra a filha: "É agressivo, machuca"

- "Pensei que ia acontecer uma tragédia”, relata vítima de assalto em loja de JP

- PM apreende adolescentes acusados de pichar Palácio da Redenção

Alessandra sofreu um acidente de moto ao voltar do espetáculo. Ela foi atropelada por um carro, que não prestou socorro, na Rodovia Anchieta, durante o atendimento, outro veículo ignorou a sinalização e atropelou novamente a dançarina.

A polícia analisa imagens de câmeras de segurança para identificar os envolvidos.

No Facebook, amigos e alunos relembram as aulas e apresentações da professora, veja:

Com informações do Nordeste 1